PORTUGAL & MUNDO ÁRABE-ISLÂMICO CONTEMPORÂNEO

O  MUNDO ÁRABE-ISLÂMICO: UMA VISÃO PLURAL.
A iniciativa "Cultural Meeting Points" assenta no reconhecimento da cultura como fator primordial de aproximação entre os povos. A edição deste ano, “Portugal & Mundo Árabe-Islâmico Contemporâneo", dedicada a Portugal e ao seu relacionamento com o Mundo Árabe-Islâmico, afigura-se extremamente oportuna e, por essa razão, a Fundação Calouste Gulbenkian decidiu apoiar este encontro de profissionais de vários sectores, Portugueses e outros, oriundos dos países árabe-islâmicos, propiciando, deste modo, um espaço de debate alargado.

Como Coordenadora do Instituto de Estudos Orientais - FCH da Universidade Católica Portuguesa regozijo-me com a inclusão da Academia portuguesa no convite para participar nesta reflexão conjunta.

Tendo a Universidade como missão a promoção do conhecimento e a formação para valores, tem ainda o dever de saber corresponder aos desafios que nos tempos atuais se levantam. Nesta perspetiva, importa transmitir o conhecimento do passado articulando as constantes com os processos de mudança, formar o espírito crítico e incentivar o interesse.

Portugal partilha com o Mundo Árabe-Islâmico uma parcela da sua história que gerou um património material e imaterial único, um precioso legado que constrói pontes. Hoje, num mundo globalizado, é necessário saber gerir as oportunidades de cooperação, emprego, investimento etc. oferecidas pelas economias emergentes desse espaço que podem, inclusive, constituir uma resposta à crise.

Os Estudos Árabes afirmaram-se em Portugal nos finais do século XVIII como instrumento da diplomacia portuguesa dirigida ao Norte de África. No atual contexto, deveriam ser ainda mais valorizados na medida em que são a chave de êxito no desempenho de funções e atividades num espaço com características religiosas, culturais e linguísticas distintas. O Instituto de Estudos Orientais - FCH da Universidade Católica Portuguesa está a trabalhar para isso.

Eva-Maria von Kemnitz, Ph.D.

 

9:30 | ABERTURA DA SESSÃO DA MANHÃ
Catarina Vaz Pinto, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa

10:00 | ARTE & COMUNICAÇÃO
Samuel Rego, Diretor da DGartes
Luís Jorge Gonçalves, Prof. Doutor e Diretor da FBAL da Universidade de Lisboa

11:00 | ISLAMISMO NO SÉC. XXI, CULTURA & SOCIEDADE
Sheikh David Munir, Imam da Mesquita Central de Lisboa
Maria Cardeira Da Silva, Prof. Doutora, FCSH da Universidade Nova de Lisboa
Francisco Freire, Prof. e Investigador, FCSH da Universidade Nova de Lisboa
Eva Maria von Kemnitz, Prof. Doutora, FCH da Universidade Católica Portuguesa
Mohammed Boubezari, Arquiteto
Moderador: Francisco Sarsfield Cabral, Colunista do Semanário SOL

15:00 | ABERTURA DA SESSÃO DA TARDE
Nuno Rogeiro «Na Estrada para Damasco: Encruzilhadas Luso-Árabes no Diálogo de Civilizações»

15:10 | MÚSICA & COMUNICAÇÃO ENTRE NAÇÕES
Álvaro Covões, Fundador e Diretor da Everything Is New
Camané, Cantor de Fado
Rão Kyao, Músico
Moderadora: Raquel Marinho, Jornalista da SIC

16:00 | CINEMA & CULTURA
Lahcen Zinoun, Realizador de Cinema, Marrocos
Reza Mir Karimi, Realizador de Cinema, Irão
Cristina Peres, Jornalista do Jornal Expresso

17:00 | DIFUSÃO DA CULTURA ÁRABE-ISLÂMICA NO OCIDENTE
Jorge Barreto Xavier, Secretário de Estado da Cultura
Ângelo Correia, Presidente da Câmara do Comércio e Indústria Árabe Portuguesa
Maria João Tomás, Diretora do Projeto Casa Árabe
Moderador: Martim Cabral, Sub-Diretor da SIC Informaçã 

18:00 | CULTURA & RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Hussain Sinjari, Embaixador da República do Iraque
Karima Benyaich, Embaixadora do Reino de Marrocos
Abdulaziz Alkhaaldi, Diretor dos Assuntos Culturais do Dep. de Cultura & Informação do Governo de Sharjah dos Emirados Árabes Unidos

19:30 | SESSÃO DE CINEMA
Madeira Film Festival - Highlights 2013
Filme: A Cube Of Sugar, realizado por Reza Mir Karimi, Irão